Dados

Black Friday: quais estratégias adotar para a sua empresa?

Um dos principais eventos para o e-commerce mundial está próximo e empresas adotam estratégias para o sucesso na data

Falta pouco menos de um mês para uma das datas mais famosas e aguardadas mundialmente: a Black Friday. A data é conhecida no mundo todo por ser o dia onde todas as lojas – físicas e e-commerces – oferecem promoções com descontos significativos para seus clientes. A dimensão da Black Friday é muito maior do que ofertas oferecidas por comércios ao longo do ano, e é uma grande oportunidade para quem deseja atrair novos clientes, fidelizar os antigos e renovar o estoque dos seus negócios.

Realizada no dia 24 de novembro este ano, a “sexta-feira negra” pode beneficiar tanto comerciantes que desejam atrair clientes, quanto os próprios consumidores, que aproveitam para adquirir produtos na promoção. Por isso, é importante que comerciantes e varejistas entendam o impacto da data no seu negócio e como trabalhar com o marketing de maneira assertiva neste dia.

 

Como funciona a Black Friday no Brasil?

Criada nos Estados Unidos na década de 1950, a Black Friday se popularizou no Brasil apenas na última década, apesar de ter crescido rapidamente. Em 2016 foi responsável pela segunda data de maior faturamento de e-commerces no país com o lucro de R$ 1,9 bilhão, perdendo apenas para o Natal.

Uma pesquisa realizada pelo Google e pela Provokers revelou que hoje, a data já faz parte da vida de grande parte dos brasileiros: 71% dos entrevistados afirmam já terem comprado na Black Friday, e esse ano, a expectativa é que as vendas pela internet cheguem à R$ 2,2 bilhões, com um crescimento estimado entre 15% e 20%.

 

 

A variedade de produtos comprados está aumentando. Os eletrônicos estão em primeiro lugar, com 44% da preferência de compra, seguido de vestuários/acessórios (19%), games e beleza (9%), itens esportivos (8%), móveis (3%) e outros (8%). A motivação de compra também varia muito entre os consumidores. A maioria garante que a Black Friday é o momento de comprar algo que desejava há tempos, enquanto parcelas significativas revelam ser uma compra de abastecimento ou por impulso.

 

 

Preço continua sendo o fator primordial para a maioria dos entrevistados na hora de realizar uma compra. No entanto, logo em seguida, a confiança na marca aparece na lista como uma preocupação dos consumidores. Cada vez mais as pessoas estão pesquisando sobre os produtos, cerca de 15 dias antes da data. Para 2017, 80% dos consumidores afirmam que preferem tanto pesquisar quanto realizar uma compra pela internet. Em relação às pessoas que ainda compram em lojas físicas, pelo menos 65% delas utilizaram o smartphone para consultar informações sobre o item que estavam comprando.

 

 

Além das questões respondidas, os entrevistados analisaram uma lista de afirmações sobre a data e deram notas de um a sete para cada uma delas, de acordo com sua opinião. O público foi dividido em descrentes, inseguros, participativos, empolgados e apaixonados, com base nas respostas, e o grau de engajamento de cada um é altamente relacionado com o seu interesse pela data.

 

 

A partir da segmentação dos consumidores por comportamento, a pesquisa mostrou alguns insights e oportunidades para comerciantes se comunicarem de maneira diferenciada, impactando cada um dos grupos:

 

 

Os dados mostram a importância da transparência por parte das marcas no momento de oferecerem descontos para a Black Friday. No Brasil, muitas vezes, os comerciantes não conseguem aproveitar todas as oportunidades da data pela falta de preparo para receber um grande volume de clientes e, principalmente, pelo evento ser considerado uma fraude no país por muitos consumidores.

Muitos clientes se sentem enganados pelos preços ofertados, e a má experiencia aumenta também a dúvida sobre a credibilidade de determinada marca. Por isso, é necessário que lojas físicas e e-commerces entendam o quanto é importante focar na confiança do consumidor.

 

Como realizar uma boa estratégia para seu negócio?

Para que seu negócio não seja considerado uma “fraude” na Black Friday, é importante que o comerciante planeje e execute tudo o que puder com antecedência, entendendo as necessidades dos consumidores e proporcionando uma boa experiência para eles. Uma boa estratégia de marketing é essencial para que a divulgação da sua loja seja realizada da maneira correta, e alguns passos podem ser tomados para essa construção:

  • Prepare-se para participar da Black Friday. Defina quais serão os descontos, quais produtos estarão em oferta e como atender às expectativas dos consumidores. Organização é essencial para começar a planejar uma estratégia de vendas.
  • Divulgue e desperte a atenção dos clientes anteriormente. Estruture sua campanha levando em conta seus objetivos, quem você deseja atingir com ela e em quais canais ela deve aparecer. É importante que o comerciante tenha uma estratégia de divulgação de sua marca. A pesquisa realizada pelo Google revelou também que o marketing no próprio site, e-mail e campanhas online possuem um grande impacto na audiência.

 

 

  • Utilize uma plataforma que suporte todo o tráfego que o site receberá no dia do evento. Por ser conhecido mundialmente e as promoções durarem pouco, é importante que o site ou loja esteja preparado para receber uma grande quantidade de clientes, maior do que a de costume.
  • Faça promoções reais. Muitas lojas costumam carregar o título de “Black Fraude” por aumentarem o preço nas semanas anteriores à data para depois diminui-los, causando uma falsa impressão de desconto. Ser verdadeiro com os seus clientes é essencial para conquistar sua confiança.
  • Pense no marketing ideal para o seu negócio. E-mail marketing, por exemplo, é uma boa estratégia para atingir diretamente a audiência que deseja, informando sobre as vendas da Black Friday e principais descontos. Planejar suas vendas pelas mídias sociais também é uma boa tática, pois é possível interagir com os clientes e prováveis clientes em tempo real, agindo rapidamente para responde-los e criar um relacionamento.

Apesar de ser conhecida no Brasil também pelos seus problemas de fraude, a Black Friday já é a segunda data que mais movimenta o e-commerce no país. Por isso, é essencial que empresas que desejam aumentar seus clientes e fornecer uma boa experiência para eles pensem em estratégias para o dia do evento e tornando ele um sucesso para o seu negócio.

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Início