Dados

As principais notícias da semana (29/06)

Confira as principais notícias da semana (25/06 a 29/06) no mercado de mídia e marketing digital

Acompanhe aqui no blog, toda semana, nosso resumo com as principais notícias dos últimos dias e algumas recomendações da Reamp!

 

Principais notícias do mercado durante a semana

AT&T compra AppNexus

Logo após a recente aquisição da Time-Warner, na última segunda-feira (25/06), a AT&T anunciou que estava comprando a AppNexus – um dos maiores mercados de programática do mundo, com cerca de 34.000 publishers, mais de 170.000 marcas e uma grande variedade de ferramentas para medir e otimizar o desempenho de anúncios.

De acordo com a gigante de telecomunicações, a transação adicionará recursos programáticos para seus anúncios e uma presença global mais ampla para os 170 milhões de clientes da empresa. “A tecnologia de anúncios une análise em tempo real com o nosso conteúdo premium de TV e vídeo. Então, saímos e encontramos o player mais forte do cenário”, disse Brian Lesser, CEO da Advertising & Analytics da AT&T, em comunicado.

Mais detalhes sobre a negociação podem ser conferidos em matéria divulgada no portal da Martech Today.

 

Google anuncia mudanças em ferramentas de publicidade digital

O Google anunciou, na última terça-feira (26/06), que está realizando mudanças e rebranding em seus produtos de anúncios de longa data para simplificar o trabalho dos anunciantes. A partir de agora, as novas marcas utilizadas pela empresa serão o Google Ads, Google Marketing Platform e Google Ad Manager.

O Google Adwords, agora, será parte do Google Ads, e o DoubleClick e o Google Analytics 360 Suite serão integrados no Google Marketing Platform para que as marcas possam gerenciar os dados que obtêm de seus websites e propriedades digitais e a compra e a avaliação de anúncios em um só lugar. Além disso, o DoubleClick Bid Manager e o DoubleClick Campaign Manager irão se unir em um produto chamado Display e Video 360.

Enquanto os nomes estão mudando, o núcleo dos produtos permanecerá basicamente o mesmo. Os anunciantes ainda podem planejar e comprar seus anúncios da mesma maneira, e trabalhar com os mesmos parceiros de tecnologia. De acordo com o Google, os anunciantes e publishers não terão que mudar muito a maneira como trabalham com os seus produtos.

Para saber mais sobre as mudanças que estão sendo feitas nas ferramentas, acesse o portal AdAge e o Meio&Mensagem.

 

Twitter divulga lista das marcas mais mencionadas sobre a Copa do Mundo

Durante a semana, o Twitter divulgou um levantamento realizado de todas as marcas mais mencionadas sobre a Copa do Mundo até agora, levando em conta todos os tweets sobre a competição relacionados às marcas que possuem contas na plataforma.

O Itaú (@itau) foi a empresa de maior destaque no período de 14/06 a 24/06, seguido pela Vivo (@vivobr), McDonald’s (@McDonalds_BR), Coca-Cola (@ColaCola_BR) e Budweiser (@Budweiser_BR).

Para conferir a lista completa das 20 marcas mais mencionadas nas duas rodadas que já aconteceram do evento, acesse o portal da Adnews.

 

Tudo que rolou no Cannes Lions 2018

Na última semana aconteceu, na França, a 65ª edição do Festival Cannes Lions 2018, maior evento anual de publicidade e criatividade do mundo. Durante cinco dias de evento, diversas agências e marcas foram premiadas nos setores de comunicação de marca, marketing, design, tecnologia, mídia e entretenimento. Dentre todos os prêmios, o Brasil conquistou, no total, 101 Cannes Lions, sendo 2 Grand Prix, 9 Ouros, 31 Pratas e 59 Bronzes.

Além disso, diversas empresas de tecnologia como o Facebook e o Google marcaram presença no festival, discutindo sobre o avanço da tecnologia na publicidade e o que podemos esperar para o futuro. Longe da conversa habitual sobre criatividade, algumas questões importantes como a crise de recrutamento, como a publicidade responde ao movimento #MeToo e o espaço de marketing do influenciador também foram discutidas.

Para saber mais detalhes sobre o que rolou no Festival em 2018, confira a matéria completa do nosso blog.

 

Facebook anuncia medidas para a transparência de anúncios

O Facebook anunciou, na última quinta-feira (28/06), diversas mudanças em suas ferramentas com o objetivo de melhorar a transparência em anúncios da plataforma. A partir de agora, os usuários podem ver os anúncios ativos de determinada página no Facebook, Instagram e Messenger, podendo também reportar práticas suspeitas de anunciantes.

Além disso, a plataforma irá lançar em julho no Brasil uma ferramenta de categorização de anúncios políticos. Por meio dela, campanhas eleitorais deverão ser registradas e marcadas como anúncios de cunho político e os usuários poderão acessar esse tipo de campanha em uma categoria específica.

Para saber mais detalhes sobre as mudanças do Facebook, acesse o Meio&Mensagem.

 

Suprema Corte revoga os impostos sobre vendas do estado

Durante a última semana, a Suprema Corte dos EUA revogou a decisão proferida há mais de 25 anos, na qual os varejistas online, sem qualquer presença física em algum estado, não precisavam cobrar impostos sobre vendas de clientes. Com a sua decisão sobre Dakota do Sul vs. Wayfair, o tribunal anulou o processo Quill V. Heitkamp e preparou o caminho para que os estados adotassem uma legislação exigindo que os e-commerces coletem o imposto sobre vendas.

A decisão irá afetar todo o setor varejista e, de acordo com Sylvia Dion, fundadora da empresa da consultoria de impostos estaduais e locais, PrietoDion Consulting Partners LLC, acredita que “a decisão é uma grande vitória para os estados, mas não serão os e-tailers os mais impactados – e sim os varejistas online de pequenos e/ou médio porte”. Por outro lado, a National Retail Federation (NRF) aplaudiu o movimento, acreditando que a decisão abre portas para um campo de atuação mais justo e nivelado.

Para saber mais detalhes sobre a decisão, seu impacto e a opinião de especialistas, acesse o portal do MarketingLand.

 

Recomendações Reamp

Especial Mídia Programática

Durante a última semana, realizamos uma edição especial em nosso blog sobre mídia programática, processo que pode ser definido como a automatização na compra e venda de inventários para publicidade, desde em meios digitais até em meios offline, como rádio, OOH e televisão. Ou seja, o processo é utilizado para que empresas possam comprar um espaço para anunciarem seus produtos e serviços, de uma maneira muito mais rápida e sem a necessidade de negociação humana.

Para aprofundar melhor o tema, falamos sobre a história da mídia programática, seu significado, como é utilizada nas empresas, principais prós e contras das tecnologias aplicadas em uma estratégia de marketing, principais cases do mercado e quais tendências podemos esperar no setor para os próximos anos.

Para conferir todo o especial, acesse o nosso blog.

 

Estudo prevê Terceira Onda Tech

O Global Startup Ecosystem Report 2018, levantamento realizado por startups, cita que já passamos por duas eras da internet e de novas tecnologias, onde pudemos presenciar o surgimento de gigantes como Google e Facebook e diversas plataformas online. Hoje em dia, estamos entrando em uma nova era que pode ser considerada uma Terceira Onda no mundo das startups, onde blockchain, fintech, inteligência artificial e deep tech serão o principal foco.

Confira o estudo completo ou mais detalhes sobre ele no portal do Proxxima.

 

Panorama do e-commerce no Brasil

De acordo com pesquisa da Tray, unidade de e-commerce da Locaweb, o comércio eletrônico faturou 32,67% a mais que o ano anterior em 2017, e a expectativa é que o número aumente para 38% até o final de 2018.

O cenário está melhorando para o setor de comércio online no país, e dentro dele, podemos destacar diversos pontos que estão se tornando referência quando falamos do assunto, como: épocas com maior volume de vendas (como a Black Friday e Natal, por exemplo); segmentos de compra mais procurados (sendo o de vestuários o primeiro da lista); formas de pagamento mais utilizadas (cartão de crédito segue sendo a preferida) e locais onde são feitas as compras (smartphones se consolidaram como o principal meio).

Para saber mais detalhes sobre o levantamento, confira o artigo realizado pelo portal do E-commerce News.

 

Policiamento de vídeo no Youtube, Facebook e Twitter

As plataformas sociais, recentemente, enfrentaram diversas crises e polêmicas sobre anúncios colocados ao lado de vídeos censuráveis com conteúdos inapropriados, tweets ofensivos, notícias falsas, lapsos na privacidade de dados e seus supostos papeis em afetar o resultado das eleições dos EUA em 2016. Depois da série de eventos, diversos anunciantes cancelaram, ou pelo menos pausaram, suas campanhas nas plataformas.

Agora, as três empresas responderam aumentando seus esforços para policiar conteúdos. Isso envolve intervenção humana – Youtube e Facebook contrataram milhares de novos funcionários para monitorar ativamente seu conteúdo – mas isso depende principalmente dos algoritmos de machine learning, que são projetados para bloquear vídeos ofensivos, postagens e tweets antes de serem publicados.

O mais recente relatório sobre o tema explica todas as estratégias que estão sendo utilizadas pelos gigantes das redes sociais para melhorarem seus serviços e pode ser encontrado no portal do eMarketer.

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Início