Dados

O que vimos no Reamper Lab em 2018?

Confira a nossa retrospectiva do Reamper Lab no ano de 2018 na Reamp e todos os assuntos abordados pelos especialistas

Durante esse ano demos continuidade ao Reamper Lab, evento que acontece na Reamp com o objetivo de aproximar a equipe e trazer diferentes visões de players do mercado. Diversos temas como tecnologia, mídia, inovações, novidades e assuntos do mercado digital são debatidos, e em cada edição recebemos um convidado diferente para um bate-papo. Para saber mais sobre ele, confira a retrospectiva que preparamos com os assuntos e empresas convidadas no Reamper Lab desse ano:

 

DADOS

Não é nenhuma novidade que, cada dia mais, a tecnologia vem nos proporcionando uma quantidade quase infinita de dados diariamente, que podem ser coletados, armazenados e analisados pelas empresas para que as campanhas de marketing atinjam as pessoas certas, no momento certo e no local certo.

No entanto, durante o ano de 2018, diversas grandes polêmicas envolvendo o vazamento de dados de milhões de usuários na internet trouxeram à tona discussões sobre a importância da privacidade dos usuários e das novas leis que estão surgindo ao redor do mundo, para que, assim, cada vez mais os usuários tenham maior segurança e maior controle sobre suas informações pessoais.

Além disso, temas como gestão, armazenamento e coleta de dados e a importância da centralização de todas essas informações em um único local, foram debatidos ao longo de todo o ano, e são assuntos cada vez mais em pauta dentro do mercado publicitário. Por isso, convidamos alguns especialistas para debates relacionados durante os Reamper Labs realizados, abordando diferentes questões.

Recebemos Fernando Negrini, CEO, e Evandro Oliveira, co-fundador da Khratos, startup de Big Data e Inteligência Artificial, para um bate-papo sobre os principais temas e desafios para tomada de decisões no mundo atual. Foram abordados temas como a era V.U.C.A. (Volátil, Incerto, Complexo e Ambíguo), na qual estamos inseridos juntamente com o mercado e como é necessário mudarmos o nosso mindset para uma cultura nova – e é dentro desse mundo de complexidade e incertezas que temos o Big Data.

Também contamos com a presença de Denys Fehr, CEO da Just a Little Data, que falou sobre Customer Relationship Management (CRM) e a  importância de existir hoje uma cultura orientada por dados nas empresas, já que muitas vezes profissionais de marketing agem como se todo consumidor fosse igual, sem levar em consideração seus clusters ou como ele está reagindo à comunicação da marca. É por isso que, para o especialista, a integração de todas as áreas da empresa se tornou essencial.

 

TECNOLOGIA

A tecnologia, atualmente, está cada vez mais avançada, e toda essa mudança também vêm refletindo no mercado publicitário. Sua evolução faz com que muitas ferramentas sejam utilizadas em processos da área, e diversas mudanças vem sendo causadas nas equipes das empresas por conta desse fator – fazendo com que essas organizações precisassem se adaptar rapidamente às transformações.

Diante desse cenário, nosso CTO Manu Santana falou, durante o Lab, sobre quais foram esses impactos na cultura e nas características das equipes em startups. O especialista utilizou a Reamp como caso de estudo, que desde 2010 – quando foi fundada – até hoje, vem acompanhando essas mudanças e incorporando diferentes tecnologias e processos na sua empresa. Hoje, a infraestrutura do nosso Adserver chega a receber até mais de 40 mil requisições por segundo, e cada uma delas pode carregar mais de 150 dimensões de dados que podem conter desde simples identificadores à URLs e textos inteiros.

 

MÍDIA PROGRAMÁTICA E GESTÃO DE AUDIÊNCIAS

Um dos assuntos mais abordados no mercado durante o ano, novamente, foi a mídia programática. Por isso, durante o Reamper Lab, recebemos Marina Braum, Sales Planner e José Albuquerque, Programmatic Lead da Spotify, para uma conversa sobre as mudanças no comportamento do consumidor e nos hábitos de consumo de músicas atualmente, além de falarem sobre o áudio na mídia programática, seu funcionamento, vantagens, inventários já disponíveis, métricas e modelos de compra.

Além disso, Flavio Araujo, ex-integrante da nossa equipe de Mídia e Audiências, falou sobre o tema e utilizou um case da Reamp com uma empresa do segmento de bebidas alcóolicas que possui diversas restrições quanto a compra de inventários e a veiculação de seus anúncios. Ele comentou como foi realizado o plano de mídia de acordo com algumas limitações e a veiculação em portais de notícias e sua política que, segundo o especialista, acabou fugindo do senso comum.

 

MERCADO E ESTRATÉGIAS

O mercado publicitário está passando por constantes mudanças graças à evolução da tecnologia, à enorme quantidade de dados que temos acesso todos os dias, ao surgimento de novos processos e ferramentas para serem utilizados na compra e venda de mídia, e às diversas tendências que vêm surgindo ao longo dos anos nesse setor.

Por isso, convidamos especialistas como Páris Piedade, grande formador de opinião dentro do ecossistema digital, para falar sobre algumas dessas principais tendências no mercado atualmente, como mídia programática, brand safety, header bidding e fraude digital. Páris falou sobre o mercado de mídia programática que está sempre mudando e um dos temas mais debatidos durante a conversa foi o header bidding, modelo de compra de mídia que tem como objetivo uma concorrência justa e transparente para inventários, tendo como resultado veículos conseguindo expandir suas receitas de 10 a 20%.

Outro tema discutido durante o Lab foi geolocalização. Tiago Santos, Head of Industry da In Loco, foi chamado para um debate sobre ações de geolocalização, tendências, cases e diferentes possibilidades com esse tipo de estratégia. O especialista, inclusive, destacou a importância de desmistificarmos o que o mercado entende como geolocalização atualmente, já que a tecnologia tem trazido diversas novidades nos últimos anos – hoje, são esses dados que nos ajudam a responder grandes dores do varejo, e podem atuar em grandes blocos como definição do target, entendimento do contexto do usuário e novas métricas exclusivas.

Além disso, Cristiane Gomes e Bárbara Altebarmakian, especialistas da nossa área de AdOps, mostraram em um Lab um pouco mais do dia a dia e da infraestrutura da equipe na Reamp, como funciona o seu trabalho, a importância do Adserver para o mercado e quais são os principais processos que envolvem a área, além de como ela auxilia outros setores da empresa, como Mídia e Audiências, Business Intelligence e TI.

 

INSTITUCIONAIS

Durante todo o ano de 2018, também contamos com diversos Reamper Labs especiais em datas comemorativas. O primeiro Lab do ano aconteceu em homenagem ao Dia da Mulher. Thais Perez e Noemi Mitsunaka, ex-integrantes das nossas equipes de TI e Business Intelligence, falaram sobre a importância da privacidade e segurança da mulher na internet, algumas maneiras de prevenção de cibercrimes e, também, abordaram diversas práticas do dia a dia que são consideradas machistas, mas, muitas vezes, não nos damos conta.

Assédio é um assunto tratado com grande seriedade na Reamp, e por isso recebemos também Ken Fujioka e Lara Thomazini, do Grupo de Planejamento e grandes atores contra o assédio no mercado publicitário brasileiro, que falaram sobre a pesquisa “Hostilidade, silêncio e omissão: o retrato de assédio no mercado de comunicação em São Paulo”, realizada pelo grupo com profissionais do setor. O estudo quantitativo foi realizado em outubro de 2017, com 1400 respondentes em São Paulo, sendo eles 68% mulheres e 32% homens. Durante o bate-papo, os especialistas ressaltaram a importância de falarmos sobre assédio moral e sexual dentro do ambiente de trabalho, e apresentaram números que foram coletados a partir dos entrevistados sobre o tema.

Outro tema especial que tivemos em nosso Lab foi o Outubro Rosa! Recebemos Cristiana Crespo, coach executiva empresarial, e Wania Moraes, master coach e palestrante, coordenadora do Projeto de Educação da WMT Coaching, Treinamento & Consultoria LTDA para um bate-papo sobre a data e a importância da sua visibilidade – o movimento internacional tem como objetivo conscientizar as pessoas sobre a importância de um diagnóstico precoce e da prevenção contra o câncer de mama, que atinge milhares de mulheres todos os anos.

Realizamos também um Reamper Lab muito especial para lançarmos uma nova unidade dentro da empresa: a Reamp Academy. Apresentado por Tiago Soncini, diretor da iniciativa, o Lab mostrou a todos os funcionários da Reamp um pouco mais sobre a sua visão, objetivos e algumas ações que serão desempenhadas. Sabemos que o mercado de marketing e publicidade digital está evoluindo a passos largos, conduzido pelo avanço da tecnologia e também pelas novas competências necessárias para operá-las.

Para reduzir o impacto dessa degradação de conhecimento, portanto, trazemos a Reamp Academy como uma maneira de fazer com que as pessoas e empresas acompanhem e participem dessa evolução tecnológica. Estamos assim, assumindo a responsabilidade de criar, organizar e compartilhar conhecimentos e habilidades que contribuam para o desenvolvimento e evolução do mercado de comunicação digital brasileiro.

Em meio à tantas mudanças tecnológicas que estão acontecendo tanto no nosso mercado quanto em todas as áreas e indústrias, é importante que possamos discutir cada vez mais as possibilidades que estão sendo oferecidas para nós e o que podemos esperar para os próximos anos.

Muito obrigada a todas as empresas e colaboradores que compartilharam suas experiências e pontos de vista no Reamper Lab em 2018. Nos vemos em 2019 com ainda mais temas para debatermos!

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Início